Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.

Resultados da pesquisa por "CAVALOS"

O primeiro Bocal no pódio - em dose tripla

03 d maio d 2010 2

Quando soube que o Bocal de Bronze nas fêmeas era dele, com Meia Lua da Boa Vista, o treinador Cézar Augusto Schell Freire, de 29 anos, já estampava um sorriso largo no rosto, ao mesmo tempo em que recebia cumprimentos pelo seu primeiro Bocal conquistado.

Mas aquela manhã de domingo, 25 de abril de 2010, reservava mais para Guto Freire.  Sem perder o foco e a determinação, correu a última paleteada nos machos, e buscou outro Bronze, desta vez com Desgarrado do Portal Gaúcho. E para finalizar, a Prata, com Naipe do Infinito.  Os jurados não tiveram dúvidas: ainda o elegeram como Ginete Destaque da etapa, na categoria Machos. Vitória tripla e merecida deste profissional, que vem se destacando entre a nova geração de treinadores do Freio de Ouro.

Confira um bate-bola rápido que o Blog do Freio  fez com Guto Freire, que é também o ginete mais ranqueado, até o momento, do Freio de Ouro 2010.

Formação? Médico Veterinário, pela Universidade de Passo Fundo (UPF)

Desde quando monta? Participei da primeira credenciadora em 1996, e em 1998 credenciei o primeiro animal. Minha primeira final do Freio de Ouro foi em 2002.

Um ídolo? São vários. O Jango Salgado e o Marcelo Bertagnolli, por serem os meus primeiros professores, em quem me inspirei primeiro. Além deles, todos os ginetes que já ganharam o Freio, em especial o Zeca Macedo, o Daniel Teixeira e o Lindor Collares Luiz, porque tenho uma admiração especial pelo trabalho destes três ginetes.

Um momento? A primeira vez em que classifiquei um animal para o Freio, em 2002. Foi com a égua JC Atrevida, RP 01 da criação do meu pai, e um dos primeiros animais que eu domei. Nós conseguimos o primeiro lugar dessa classificatória em Passo Fundo, que trambém foi a primeira semifinal com transmissão ao vivo pelo Canal Rural. Por todos esses fatores, foi um momento bem importante da minha carreira. Mas esse Bocal de 2010 também foi bem especial!

Um sonho? Ganhar o Freio de Ouro! Isso é a minha vida, os cavalos, a rotina de treinamento, e conquistar o Freio é o sonho que eu busco diariamente.

Os mais belos já foram escolhidos...

27 d agosto d 2009 0

Cheguei há pouco de Esteio… Nem a gripe que me tirou um pouco da energia (normalmente ligada no 220), nem o calor inesperado para esta época do ano (próximo dos 30 graus, certamente) foram capazes de estragar o espetáculo que assisti de camarote.

Que imagem linda é a pista do Freio de Ouro cheia! Em quase três horas de avaliação morfológica, os olhos desviaram poucas vezes dos 48 machos e das 47 fêmeas finalistas.

FOTO ALMIRANTE NEVES/ABCCC

O Freio de Ouro é, inquestionavelmente, a maior ferramenta de seleção da raça… Uma emocionante competição, que mobiliza centenas de pessoas, entre criadores, domadores, ginetes, tratadores, veterinários, ferradores e tantos outros profissionais e apaixonados, com um único objetivo: evidenciar a evolução do Cavalo Crioulo no Brasil – um misto de morfologia e função.

Difícil é a tarefa para os dois trios de jurados! Mas as primeiras notas, que valem em média 37% da nota final, já foram dadas. E, claro, despontaram com vantagem no Freio de Ouro 2009 os cavalos e éguas mais bem conformados. 

Que venha a etapa funcional! Amanhã, a partir das 8h estaremos acompanhando as provas no Parque Assis Brasil, e traremos mais informações aqui no Blog…

A PROPÓSITO…

As quatro éguas que saíram na frente são: Ponte-Suela do Purunã (8,467), Indiana da Escondida (8,400), Firmeza 1278 do 1040 (7,767) e Para Siempre do Barulho (7,760).

Já os quatro primeiros machos até o momento são: Viragro Rio Tinto (8,800), Butiá Olodum (8,283), Pampa de São Pedro (8,200) e Hulk do TNT (7,840). 

 

Postado por Estela Facchin

Você pergunta, Crespo responde!

27 d agosto d 2009 1

Chegou a hora! A finalíssima da principal prova do cavalo crioulo começa nesta tarde, a partir das 14h, com a avaliação morfológica dos 96 finalistas. E por falar em Morfologia, o nosso narrador Alexandre Crespo responde hoje à pergunta do Jefferson, que é relacionada justamente à primeira etapa do Freio de Ouro. Veja só!

Qual a tendência morfológica do moderno cavalo crioulo? Jefferson Milano, de Santo Ângelo (RS)

Jefferson, ficamos gratos pela sua participação. Peço que acesses o site da Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos: www.abccc.com.br. No manual do criador, constam todas as características do cavalo crioulo moderno. Um abraço! 

 

Postado por Estela Facchin

Pergunta do Telespectador

25 d agosto d 2009 1

A dúvida de hoje vem da fronteira oeste do Rio Grande do Sul. E, como sempre, o Alexandre Crespo esclarece com exclusividade aos internautas. Confira!

Qual prova imprime maior dificuldade: mangueira ou paleteada? Carlos Ribeiro, de Santana do Livramemto (RS)

Carlos, agradecemos sua participação! As duas provas exigem muita habilidade dos ginetes e aptidão vaqueira dos cavalos e éguas, mas no meu entendimento acredito que a paleteada deve ser a prova com maior grau de dificuldade em virtude da velocidade em que deve ser realizada a prova. 

Postado por Estela Facchin

O Freio de Ouro em números

23 d agosto d 2009 0

A partir de quinta-feira, dia 27, começa em Esteio (RS) a maior e mais popular competição da raça crioula, o Freio de Ouro 2009. Entenda, em números, um pouco da grandiosidade do evento:

 

* 15 mil pessoas são esperadas para a finalíssima, no domingo, dia 30;

* essa é a 28ª edição da competição, que teve início em 1982;

* neste ano, serão 96 finalistas em pista, sendo 48 machos e 48 fêmeas;

* foram realizadas 39 credenciadoras, no Brasil, Uruguai e Argentina, com a participação de 855 animais;

* das etapas credenciadoras, 11 foram de inéditos, com 366 animais concorrentes;

* os finalistas foram selecionados em 12 classificatórias, no Brasil, Uruguai e Argentina;

* nas etapas classificatórias, estiveram presentes 457 animais, de 245 expositores;

* 14 fêmeas e 14 machos entrarão em pista no domingo, no Parque Assis Brasil, para concorrer aos Freios de Ouro, Prata e Bronze;

* o Canal Rural transmitiu as 12 etapas classificatórias, e na finalíssima deve ficar pelo menos cinco horas no ar, ao vivo para todo o Brasil pela NET (35), SKY (105), Parabólica, NeoTV, e também pela rede mundial de computadores, através do site www.canalrural.com.br.

 

FONTE: Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos

Postado por Estela Facchin