Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.

Na terra da Sabiá brota beleza... por todos os lados!

30 de junho de 2012 0

Já percorremos todo o Brasil, de norte a sul, para transmitir os leilões do Canal Rural. Recintos, restaurantes, hotéis, fazendas.. são muitos os  lugares que servem de passarela para o desfile da genética pecuária. Mas entre tantos lugares um é muito especial. Fazenda do Sabiá. As margens da represa de Furnas, pertinho de Capitólio no sul de Minas Gerais, a família Mendes (o pai Betinho e o filho Beto) fazem a seleção desta que é considerada uma grife da raça Nelore.


Varada da casa principal



A fazenda é linda! Desde o fogão a lenha fumegante nesta época do ano para receber tantos convidados e amigos aos detalhes da arquitetura. Grandes janelas como nas antigas fazendas. Apesar da aparência centenária a casa começou a ser construída na década de 70.

São 44 anos de seleção e um diferencial! Década após década a Sabiá se mantêm com destaque entre os principais criatórios da raça. Sempre na crista da onda!  Este ano a Sabiá lidera o ranking de melhor criador, título que já ganhou outras 3 vezes. O segredo? Dedicação, trabalho em equipe e uma bem sucedida sucessão familiar. Ninguém é obrigado a fazer o que os pais gostam e ser bem sucedido…  mas nesse caso o pai Betinho conta com o excelente trabalho do filho Beto.

E foi nesse cenário que participamos do fim de semana de negócios. Na sexta a venda de prenhezes. Matrizes consagradas e também novidades. Todos os anos a Sabiá apresenta novas doadoras, e entram no leilão aquelas que tem produção comprovada. Típica (campeã fêmea jovem Expoinel 2011) estreou nesse  remate. Outra estréia foi Soviética, considerada a nova barriga de ouro da Sabiá. Prada, Patria, Empa, Garantia, Beluga… alguns nomes da extensa lista de campeãs.

Como tradicionalmente acontece a venda do último lote é destinada a Associação Mineira de Reabilitação, entidade que era dirigida pela saudosa dona Edi e hoje segue sob o comando de Ângelo Mendes.


Angelo Mendes apresentando a AMR


Com muitas doações o lote com a prenhez da Nobreza virou um pacotão! Pacote de sêmen com 200 doses do Lufo, 7 prenhezes, fertiliziantes…. E Maurício Ianni, da Vila Real, pagou 154 mil reais pelo pacotão e pela boa ação. Ah! Também teve rodada de doações espontâneas. A média das prenhezes foi de quase 60 mil reais.

E a rodada continuou no sábado. Uma tarde muito prestigiada com a venda de animais da Sabiá e convidados.  Destaque para a bezerra Nalissha TE do Bony, com apenas 1 ano ela garantiu o primeiro lugar em todas as pistas que disputou (Avaré, Passos, Itapetininga e Expozebu). A jovem promessa foi comprada pela Fazenda Guadalupe por 400 mil reais. Ronaldo Bonifácio, mais conhecido como Bony, trabalhou na Fazenda do Sabiá por 32 anos! Foi braço direito de Betinho e um professor para Beto. Há pouco mais de 10 anos começou a caminhar sozinho com sua seleção.  Um pequeno criador, como ele mesmo diz, mas com experiência de sobra para reconhecer e oferecer um bom animal!


Bony, dono do lote mais valorizado no sábado e Maurício Ianni, comprador do lote doação de sexta



Depois das fêmeas os reprodutores entraram em cena. A venda dos machos teve média de 7 mil reais. As fêmeas 122 mil reais

Bookmark and Share

Envie seu Comentário